Entre em contato (11) 4741-8444 / (11) 4741-8443 Blog de notícias

Ferramentas: cuide bem do seu equipamento

Gostou? compartilhe!


Ferramentas: cuide bem do seu equipamento

As ferramentas elétricas são equipamentos essenciais quando se deseja realizar reformas, manutenções gerais ou atuar em obras.

Porém, quando não são conservadas em bom estado de funcionamento, apresentam risco de segurança e podem afetar a produtividade daqueles que as utilizam. O custo de ferramentas elétricas portáteis adequadas e bem conservadas é considerado pequeno em comparação ao custo da perda de produtividade ou de um possível acidente.  

Pensando nisso, selecionamos algumas dicas para manter ferramentas elétricas em bom estado. Acompanhe!

Armazenagem

O armazenamento ideal deve ser um dos primeiros pontos a ser observado para manter as ferramentas elétricas em bom estado. Neste caso, os equipamentos devem ser protegidos da umidade e conservados em um local seco e em algum. Uma dica é conservar as embalagens do fabricante, geralmente caixas plásticas resistentes, pois elas auxiliarão também na hora de transportar as ferramentas para outros locais.

Tomadas

As tomadas são um dos pontos mais abordados quando o assunto são ferramentas elétricas. Isto porque, no geral, os operadores costumam cortar as pontas de tomadas dos cabos das ferramentas elétricas de modo a tentar facilitar a ligação destas em qualquer ponto de energia. Vale ressaltar que este procedimento é errado e pode afetar a segurança tanto do operador, quanto de qualquer outra pessoa que esteja próximo ao equipamento. A melhor opção é fazer uso de uma extensão adequada, de modo a compatibilizar a ferramenta com o tipo de tomada que será utilizada.

Voltagem

A grande maioria das ferramentas elétricas atuais trabalha de modo bivolt, ou seja, funciona tanto em 110V quanto em 220V. Porém algumas delas como as  parafusadeiras, são somente 110V, e deste modo deve haver um cuidado quanto ao tipo de tomada que estas serão ligadas.

Limpeza

A limpeza é sem dúvidas um dos pontos mais importantes quando o assunto é conservar ferramentas elétricas e alguns fatores devem ser observados:

Desconectar as ferramentas da energia antes de realizar a limpeza;

Utilizar um pincel macio para limpar os resíduos de materiais que ficarem sobre o equipamento;

Quando possível, utilizar um compressor de ar para retirar os resíduos das ferramentas;

Limpar as entradas e saídas de ar das ferramentas elétricas de modo a mantê-las livres e evitar superaquecimentos em outras ocasiões de uso;

Utilizar uma flanela limpa para limpar toda a carcaça do equipamento;

Após a efetuar a limpeza, lubrificar as peças com óleo de máquina, de modo a evitar que estas venham a enferrujar com o tempo.

Acessórios

Além das ferramentas, os acessórios também merecem atenção para a conservação, já que estes também influenciam diretamente no desempenho e vida útil dos equipamentos.

Confira algumas dicas:

Manter a chave de mandril sempre presa à furadeira e em bom estado, de modo a evitar problemas com a fixação de brocas;

Manter serras e brocas afiadas para evitar forçar a ferramenta na execução de um trabalho;

Verificar o desgaste de parafusos de fixação das ferramentas com os equipamentos para evitar que se soltem durante o uso.

Substituição de peças

Assim como carros ou quaisquer outras máquinas, ferramentas são projetadas para o desgaste e a substituição de peças. Algumas peças devem ser trocadas conforme o tempo estipulado pelo fabricante, como por exemplos os rolamentos, anéis de isolamento, retentores, parafusos de aperto entre outros.

Neste caso, é importante acompanhar as informações de troca destes itens no manual do equipamento, bem como contar com o apoio de uma empresa autorizada para realizar tais manutenções.

Revisão

Por mais que não se utilize regularmente algumas ferramentas, recomenda-se revisá-las ao menos uma vez no ano, para verificar a lubrificação das peças móveis, ressecamento e rachaduras de cabos e carcaças ou ainda a formação de ferrugem em áreas metálicas.

Pequenos cuidados diários podem fazer toda a diferença para manter uma ferramenta elétrica. Além disso, deve-se ter em mente que as instruções no manual de cada equipamento devem ser seguidas a risca para garantir a qualidade ao trabalho desempenhado e a segurança do operador. 

 

Fonte: www.ferramentaskennedy.com.br


Gostou? compartilhe!